Meu paciente tem HMI, e agora?

26 e 27 de novembro

Conheça os Docentes

Profa. Dra. Rita de Cássia Loiola Cordeiro

Com mestrado e doutorado em Odontopediatria pela Faculdade de Odontologia de Araraquara UNESP, foi docente na graduação e pós-graduação da Odontopediatria por 30 anos!
Atualmente trabalha em consultório particular atendendo crianças e adolescentes. Paralelamente continua como docente colaboradora da Pós-Graduação da mesma faculdade pois mesmo com muitas publicações na área da Hipomineralização de Molares e Incisivos, muitas dúvidas com relação aos defeitos de esmalte precisam ser respondidas através da pesquisas.

 

Profa. Dra. Camila Fragelli

Especialista em Saúde da Família e em Educação Permanente em Saúde, possui Mestrado, Doutorado e Pós-doutorado em Odontopediatria pela Faculdade de Odontologia de Araraquara UNESP. Atualmente gerencia a Rádio HMI com a missão de simplificar e disseminar o conhecimento acerca dos defeitos de esmalte.

R$ 1500,00

1. Apresentação
– Histórico
– Prevalência
– Evolução das pesquisas

2. Diagnóstico de Excelência
– Definição dos defeitos de esmalte
– Amelogênese
– Diferenças entre Hipoplasia e Hipomineralização
– Fatores etiológicos
– Principais defeitos de esmalte

– Diagnóstico diferencial da HMI
– Ficha Clínica
– Avaliação dos fatores subjetivos associados a HMI
– Sensibilidade e impacto estético

3. Engajamento Familiar
– Como apresentar a HMI aos pais

4. Plano de Tratamento
– O uso do laser na hipersensibilidade associada a HMI
– Como proceder em casos leves
– Como proceder em casos severos
– Dentifrícios
– Vernizes
– Diamino Fluoreto de Prata
– Infiltrante Resinoso
– Selantes
– Reabilitação com matérias ionoméricos
– Exercício prático da técnica RINA
– Reabilitação com materiais resinosos
– Bandas ortodônticas
– Coroas metálicas
– Ortodontia

5. Roda de perguntas

26 e 27 de novembro

9h às 17h

11 vagas

Curso Presencial

Sobre o curso

Imagina você na frente de uma criança de 6 anos que apresenta os primeiros molares com alterações no esmalte, com perdas estruturais e extremamente sensíveis! Ou ainda aquele caso em que dois segundos molares decíduos estão destruídos e todos os outros dentes estão sadios?

A cabeça fervilha de questionamentos: Será que é HMI? E se for, como é que eu vou tratar? O que falar para essa família, que provavelmente está apavorada? E com a criança?

Você tem as perguntas, nós temos as respostas! Venha que lhe contamos tudo!